Centro de Estudos Africanos/USP
Prédio de Filosofia e Ciências Sociais
Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - sala 1087

OBJETIVOS: Difusão do conhecimento do Continente Africano por meio da capacitação de professores de ensino fundamental e médio das redes pública e particular e interessados em geral, possibilitando o aprendizado de aspectos da história e da cultura africana que serão transmitidos durante as aulas e apreendidos pelos alunos, o que possibilitará discussões mais aprofundadas sobre a temática e a (re)construção da história da África.

A proposta, apresentada de forma continuada, é extremamente oportuna e vem preencher uma lacuna no que diz respeito aos estudos africanos neste país e especialmente nesta Universidade, evidenciando ainda os aspectos mais relevantes da sociedade e da cultura africanas, em seus vários desdobramentos. Trata-se de uma oportunidade essencial para a sociedade em geral resgatar a importância dos saberes sobre esse Continente em sua formação.

OBJETIVOS:

Capacitação dos professores/educadores das redes pública e particular de ensino, e interessados em geral, no aprendizado dos aspectos da Cultura e da História do Negro no Brasil

2) Definição e delimitação do conteúdo da história da África, do negro e de sua cultura e, conseqüentemente, a produção de novos manuais e materiais didáticos em ruptura com a literatura colonial preconceituosa ainda dominante e resistente para utilização na sala de aula.

 


EMENTA: O curso vem sendo ministrado desde 2006 de acordo com o espírito das leis nº 10.639/03 e nº 11.645/08 que tornam obrigatório o ensino das culturas e histórias dos povos indígenas e afro-descendentes na escola brasileira. Pretende-se no presente módulo, ampliar o leque dos temas e questões não tratadas no Módulo I, de acordo com a demanda e as necessidades do nosso público alvo.

EMENTA: O curso proposto expressa a necessidade de um conhecimento maior do continente africano, em especial com a promulgação da Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 2003 que “estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática ‘História e Cultura Afro-Brasileira’”, complementada com a Lei nº 11.645 que inclui “o Estudo da História e da Cultura Indígena”. O presente curso irá proporcionar aos professores da rede oficial de ensino, e a outros interessados, um instrumental de trabalho bastante valioso.