logo celacc

Criado em 1996, o Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Comunicação e Cultura (CELACC) é um NAP- Núcleo de Apoio à Pesquisa da Universidade de São Paulo

O núcleo foi criado pela Profª. Drª Maria Nazareth Ferreira e é coordenado atualmente peloProf. Dr. Dennis de Oliveira

Objetivos:
- Promoção e realização de pesquisas, cursos, seminários, consultorias;
- Edição de publicação e outras atividades de natureza acadêmica;
- Criação de um acervo documental sobre cultura brasileira e latino-americana;
- Cooperação com a USP e outras instituições de ensino de pesquisa e de produção.


Atividades de Pesquisa:
O Celacc integra o 
Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e os seus projetos abordam as seguintes linhas de pesquisa:
- Identidade cultural e cidadania: manifestações populares, comunicação e culturas subalternas;
- Diversidade cultural, comunicação e América Latina;
- Epistemologia e metodologia em comunicação e cultura;
- Festas populares: cultura e comunicação;
- Teoria da comunicação.

Os projetos desenvolvidos pelo Celacc são financiados pelos órgãos de fomento à pesquisa como FAPESP, CAPES e CNPq.

logo curso

CURSO: MÍDIA, INFORMAÇÃO E CULTURA

DISCIPLINA: PRODUÇÃO MIDIÁTICA NA ÁREA CULTURAL

Professor(a): VINICIUS ROMANINI

E-mail: viniroma@gmail.com

 


1.OBJETIVOS

 

O curso apresenta os principais desafios epistemológicos na produção midiática na área cultural contemporânea, oferece um panorama de autores e conceitos que permitem lidar com as questões levantadas e convida o aluno a aplica-los na produção cultural de forma crítica e criativa.  

 

2.PROPOSTA METODOLÓGICA

 

Leitura crítica de textos sugeridos, apropriação dos conceitos por meio de debates em aula, estudos de caso e aplicação dos conteúdos aprendidos no trabalho final.

 

3.CRONOGRAMA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

O paradigma da complexidade 

O paradigma conjectural e a história das mentalidades

Informação analógica e informação digital 

Cibercultura 

Redes de semiose na esfera da cultura

Os meios de comunicação como extensões cognitivas 

A narrativa transmídia

Cultura do Convergência

A sociedade transestética

Realidade virtual e realidade aumentada

A memética e o antropoceno

 

4. PROCEDIMENTOS DE AÇÃO METODOLÓGICA E RECURSOS UTILIZADOS

 

Aulas expositivas do professor

Discussão de estudos de caso trazidos em classe

Sessões conjuntas de vídeos e entrevistas extraídos da internet

Debates em sala de aula

Apresentação oral do pré-projeto pelo aluno

 

5. AVALIACÃO

 

O aluno será avaliado pela sua participação em classe e por um trabalho final que consiste na preparação de um projeto de produto midiático que leve em consideração os conceitos e autores discutidos ao longo do curso. 

 

6. ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO 

 

A recuperação consiste na produção de um artigo de 10 a 15 páginas que faça um estudo de caso de um produto midiático a partir dos conceitos e autores do curso.

 

*A atividade de recuperação deve ocorrer em até 30 dias após o término da disciplina. Deve ser encaminha junto com o programa do curso para a secretaria e não precisa ser divulgada no programa entregue aos alunos.  

 

7.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 

JENKINS, Henry. Cultura de Convergência. São Paulo: Aleph, 2009.  

 

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 2010. 

 

LIPOVETSKY, G.; SERROY, J. A cultura-mundo: resposta a uma sociedade desorientada. Trad. Maria L. Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.


logo curso

CURSO: MÍDIA, INFORMAÇÃO E CULTURA

DISCIPLINA: PRODUÇÃO MIDIÁTICA NA ÁREA CULTURAL

Professor(a): VINICIUS ROMANINI

E-mail: viniroma@gmail.com

 

1.OBJETIVOS

 

O curso apresenta os principais desafios epistemológicos na produção midiática na área cultural contemporânea, oferece um panorama de autores e conceitos que permitem lidar com as questões levantadas e convida o aluno a aplica-los na produção cultural de forma crítica e criativa.  

 

2.PROPOSTA METODOLÓGICA

 

Leitura crítica de textos sugeridos, apropriação dos conceitos por meio de debates em aula, estudos de caso e aplicação dos conteúdos aprendidos no trabalho final.

 

3.CRONOGRAMA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

O paradigma da complexidade 

O paradigma conjectural e a história das mentalidades

Informação analógica e informação digital 

Cibercultura 

Redes de semiose na esfera da cultura

Os meios de comunicação como extensões cognitivas 

A narrativa transmídia

Cultura do Convergência

A sociedade transestética

Realidade virtual e realidade aumentada

A memética e o antropoceno

 

4. PROCEDIMENTOS DE AÇÃO METODOLÓGICA E RECURSOS UTILIZADOS

 

Aulas expositivas do professor

Discussão de estudos de caso trazidos em classe

Sessões conjuntas de vídeos e entrevistas extraídos da internet

Debates em sala de aula

Apresentação oral do pré-projeto pelo aluno

 

5. AVALIACÃO

 

O aluno será avaliado pela sua participação em classe e por um trabalho final que consiste na preparação de um projeto de produto midiático que leve em consideração os conceitos e autores discutidos ao longo do curso. 

 

6. ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO 

 

A recuperação consiste na produção de um artigo de 10 a 15 páginas que faça um estudo de caso de um produto midiático a partir dos conceitos e autores do curso.

 

*A atividade de recuperação deve ocorrer em até 30 dias após o término da disciplina. Deve ser encaminha junto com o programa do curso para a secretaria e não precisa ser divulgada no programa entregue aos alunos.  

 

7.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 

JENKINS, Henry. Cultura de Convergência. São Paulo: Aleph, 2009.  

 

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 2010. 

 

LIPOVETSKY, G.; SERROY, J. A cultura-mundo: resposta a uma sociedade desorientada. Trad. Maria L. Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.